Mercados

Açúcar

BRASIL
Os clientes de açúcar branco e bruto são as principais indústrias de alimentos e bebidas do País – nacionais e multinacionais.

MUNDO
No mercado global, os clientes de açúcar são as grandes refinarias, localizadas principalmente nas regiões do Oriente Médio, Norte da África e Ásia.

Etanol

BRASIL
Os clientes do mercado interno são as grandes distribuidoras de combustível, que adquirem tanto o etanol anidro – para adição à gasolina conforme regulação vigente – quanto o hidratado, destinado ao consumidor final, nos postos de abastecimento.

MUNDO
No mundo, os clientes de etanol estão em sua maior parte na América do Norte, em especial nos Estados Unidos, por meio da controlada Eco-Energy, que também tem como destino final o Japão.

Produtos

Com um modelo de negócio único no setor, a Copersucar não conta com ativos de produção, mas com contratos para a aquisição de açúcar e de etanol, fornecidos principalmente pelas Usinas Sócias. A Copersucar e suas Usinas Sócias atingiram um grau de maturidade e prontidão para o mercado que lhes permite suprir os grandes consumidores mundiais.

É o caso das exportações de etanol para os Estados Unidos, que devem atender à regulação federal da Environmental Protection Agency (EPA), e para o mercado da Califórnia, que devem seguir as regulamentações da California Air Resources Board (CARB), a agência estadual de proteção ambiental.

A Companhia possui também dois importantes certificados, o Bonsucro™, que estabelece um padrão de sustentabilidade para a produção de cana-de-açúcar e é exigido por clientes nacionais e internacionais, e o International Sustainability and Carbon Certification (ISCC), que viabiliza a comercialização de etanol na Europa.



DEFINIÇÃO DE PRODUTO



  • Açúcar bruto a granel

    É o produto que será submetido ao refino, antes da liberação para consumo. Os cristais são recobertos por uma fina camada de mel contendo outros componentes não sacarose, que lhe conferem a cor característica. É vendido em grandes quantidades, principalmente para o mercado externo, tendo como clientes as grandes refinarias. Os principais tipos são o VHP (Very High Polarization) e o VVHP (Very Very High Polarization).

  • Açúcar branco ensacado

    É o açúcar com mais uma etapa de processamento, atendendo também às Boas Práticas de Fabricação e Segurança de Alimentos, definidas pela Anvisa, que o tornam próprio para o consumo. É comercializado em sacas de 50 kg (no Brasil e no exterior) e principalmente em big-bags de 1.200 kg para clientes industriais como fabricantes de bebidas e alimentos.

  • Etanol anidro

    É assim chamado porque é composto em média por 99,3% de etanol puro, praticamente sem água. É comercializado para as distribuidoras de combustível para ser adicionado à gasolina, atualmente na proporção de 27%, segundo acordo com o governo brasileiro. Sua utilização reduz a poluição e contribui para redução do aquecimento global.

  • Etanol hidratado

    Sua composição contém até 7,5% de água e é vendido para as distribuidoras que comercializam para os consumidores, nos postos de abastecimento de combustíveis. Pode ser utilizado puro, ou misturado em qualquer proporção com a gasolina nos carros flex-fuel. Assim como o etanol anidro, tem a mesma contribuição ambiental e ainda melhora o desempenho dos motores.

Qualidade

A Copersucar investe constantemente no aperfeiçoamento do controle de qualidade em todas as etapas da cadeia de valor. As especificações técnicas de qualidade e certificações, bem como o atendimento às normas de garantia da qualidade, são definidas de acordo com as necessidades e as demandas de cada produto e mercado.

Todos os terminais usados pela Copersucar são submetidos a rigorosa verificação de higiene e limpeza e à implantação de sistemas como controle de pragas antes de ser liberados para receber produtos. Nos Terminais próprios, uma empresa supervisora independente é responsável por coletar amostras, acompanhar a descarga e analisar o produto para verificar o cumprimento das especificações.

A qualidade é um importante diferencial da Copersucar, aliada à solidez e a confiabilidade conquistadas no mercado. A empresa também agrega valor aos serviços por meio da customização no atendimento de cada cliente.

Logística

Para que os produtos cheguem aos clientes em dezenas de países, é necessária uma complexa infraestrutura logística, integrada por terminais de transbordo e armazenagem próprios e contratados, além de ampla rede terceirizada de transporte rodoviário, ferroviário e marítimo.

Capacidade Logística

  • Terminal portuário dedicado às atividades de exportação de açúcar, localizado no Porto de Santos.
  • A maior capacidade de armazenagem de açúcar e etanol do setor no Brasil, permitindo estocar 2,5 milhões de toneladas de açúcar e 3 bilhões de litros de etanol (o equivalente a mais de 18 milhões de barris).
  • 500 vagões hopper dedicados ao transporte de açúcar.
  • Terminais multimodais para açúcar e etanol em locais estratégicos do interior de São Paulo.
  • Investimentos em sistemas integrados de armazenagem e distribuição de etanol por meio dutos em parceria com a Logum Logística S.A.

Principais Números Safra 2016-2017

Selecione uma unidade para visualizar suas informações
TERMINAL AÇUCAREIRO COPERSUCAR • SANTOS (SP)
Av. Cândido Gafree, s/n • Armazéns VI, XI, XVI e XXI • 11013-240 • Santos/SP
+55 13 3226 2100
+55 13 3226 2147
tac@copersucar.com.br

O Terminal Açucareiro Copersucar (TAC), localizado no Porto de Santos (SP), foi inaugurado em 1998, sendo um ponto estratégico para as atividades de exportação da companhia. Em 2013, foi reconstruído e sua capacidade ampliada. Com a criação da Alvean, houve um aumento na movimentação com a exportação de açúcar proveniente de usinas não-sócias. Também houve uma diversificação na movimentação de cargas, com embarques de soja e de milho, possibilitando maior utilização da capacidade do terminal e o alcance da meta operacional.

Capacidade de armazenagem estática: 300 mil toneladas de açúcar a granel.
Capacidade nominal de embarque: 10 milhões de toneladas (5,4 mil toneladas/hora).
Maior eficiência de recepção e descarga: 36 mil toneladas/dia.
Velocidade de carregamento de navios: 60 mil toneladas/dia.
Atendimento a embarcações de grande porte: acima de 70 mil toneladas.
Maior utilização do transporte ferroviário: eliminação estimada de 100 mil viagens por ano de caminhões.

RESOLUÇÃO ANTAQ 3274/14
fechar

RESOLUÇÃO ANTAQ 3274/14

TARIFA DE REFERÊNCIA PARA SERVIÇOS PADRONIZADOS
(EXCETO CLIENTES QUE TENHAM ACORDO INDIVIDUAL COM TERMINAL)

Base safra 2017/2018:

  • Tarifa padrão de elevação de R$45/ton
TERMINAL COPERSUCAR DE ETANOL • PAULÍNIA (SP)
Av. Paris, 4077 • Bairro Cascata • 13146 061 • Paulínia/SP
+55 19 3833 9600

O Terminal Copersucar de Etanol (TCE) iniciou sua operação em setembro de 2014 em Paulínia (SP). Em 2016, houve a ampliação da operação com dois dutos, com 1,8 km de extensão cada, que interligam o TCE à Replan – Refinaria da Petrobras, localizada na mesma cidade, do qual existe a conexão com o etanolduto da Logum.

Capacidade de armazenagem: 180 milhões de litros.
Capacidade de operação: 2,3 bilhões de litros de etanol por ano.
2015-2016: O volume de etanol movimentado por dutos corresponde a 10.972 viagens rodoviárias.

TERMINAL MULTIMODAL COPERSUCAR • RIBEIRÃO PRETO (SP)
Rua Peru, 2400 • Distrito Industrial Coronel Quito Junqueira • 14075 310 • Ribeirão Preto/SP
+55 16 3628 2162
+55 16 3628 2152

O terminal multimodal (rodoviário e ferroviário) começou a operar em 2010 e concentra suas atividades nas operações de transbordo: recebe açúcar via transporte rodoviário e embarca em ferrovia, com destino ao Terminal Açucareiro Copersucar (TAC) no Porto de Santos (SP). Desde a sua inauguração, a unidade recebeu investimentos que aumentaram a capacidade anual de movimentação de açúcar.

Capacidade de armazenagem: 70 mil toneladas
Capacidade de movimentação: 1,5 milhão de toneladas de açúcar por ano
Pera Ferroviária: capacidade para receber 89 vagões.

 

TERMINAL MULTIMODAL COPERSUCAR • SÃO JOSÉ DO RIO PRETO (SP)
Rua Silva Jardim, s/n - Estação Ferroviária • 15025 065 • Pq Industrial • São José do Rio Preto/SP
+55 17 3212 1788
+55 17 3212 1811

Inaugurado em 2011, o terminal multimodal (rodoviário e ferroviário) tem capacidade de movimentação de 700 mil toneladas de açúcar por ano. Com operações de transbordo, a unidade recebe açúcar via transporte rodoviário e embarca em ferrovia, com destino ao Terminal Açucareiro Copersucar, no Porto de Santos (SP).