Categorias

Como é Produzido o etanol?
Publicada por Assessoria de Imprensa 31/08/2018

Como é produzido o Etanol?

Como é Produzido o etanol?

O etanol combustível é produzido em usinas que aliam tecnologia e desenvolvimento sustentável
Foto produção etanol – Usina São Manoel – Ricardo Teles 2

Muito utilizado como combustível para veículos, o etanol, popularmente chamado de álcool, serve também para a fabricação de produtos farmacêuticos, cosméticos e bebidas. O modo como é produzido o Etanol pode ser realizado de diferentes formas, sendo a mais comum e conhecida: a fermentação de açúcares. Eles, por exemplo sacarose, glucose e frutose, são encontrados em vegetais como milho, beterraba e cana-de-açúcar – essa, a principal matéria-prima do etanol no Brasil.

“De modo geral, o processo de fermentação da cana se divide em três etapas principais: a extração e disponibilização dos açúcares, a fermentação do mosto e a destilação do produto fermentado, chamado de vinho”, resume o consultor técnico para Especificação e Qualidade da União da Indústria de Cana-de-Açúcar (UNICA), José Luís Godoy.
Os outros processos de produção do etanol consistem em sínteses orgânicas, realizadas em laboratório: a hidratação de uma substância chamada eteno (ou etileno) e a redução do acetaldeído.

 

Processo de produção do etanol: do campo ao produto final

 

Depois de colhida, a cana-de-açúcar deve ser entregue à usina em até 24 horas, para evitar a perda de qualidade. Após a chegada, ela segue o seguinte processo:

Pura, é colocada sobre uma esteira, onde recebe lavagem para a retirada de resíduos e impurezas. Dali segue para a moagem.
Na segunda fase, ao passar por rolos trituradores ou difusores, obtém-se o caldo chamado melado. A sobra sólida, denominada bagaço, é utilizada para a geração de bioeletricidade, que abastece a própria usina e a torna autossuficiente.
O caldo segue para o processo de clarificação em decantadores até formar o mosto, que depois é fermentado com leveduras. O líquido, que contém uma porcentagem de etanol, recebe a denominação de vinho fermentado.

Na etapa seguinte, esse vinho é colocado em colunas de destilação, onde ele é separado do etanol, resultando no etanol hidratado. (Para se obter o etanol anidro, que é misturado à gasolina em uma proporção de 27%, é preciso mais uma etapa de desidratação ou remoção de água).
O etanol pronto é armazenado em tanques de grande capacidade até a comercialização.

 

Etanol de segunda geração

 

Além do melado, outras fontes provenientes da cana-de-açúcar para a produção do etanol são o bagaço e a palha do vegetal. Nesse caso, o produto ganha a denominação de etanol de segunda geração (EG2) ou etanol celulósico. Ele tem sido bastante estudado no Brasil como alternativa para aumentar o potencial produtivo da planta, sem a necessidade de ampliar sua área de cultivo.

“Na produção do etanol de primeira geração, os açúcares a serem fermentados estão disponíveis na cana-de-açúcar na forma de mono e dissacarídeos (glucose, frutose e sacarose). Já para o de segunda geração, os açúcares são obtidos a partir de uma ampla gama de biomassa – no caso da cana, a palha e o bagaço –, que passa por um processo chamado hidrólise da celulose”, explica Godoy.

Leia também: Funcionamento de uma usina de cana-de-açúcar

Últimas notícias

11/06/2019
Cana-de-açúcar ganha força como matriz sustentável na geração de eletricidade
Produção de energia elétrica a partir da cana-de-açúcar ganha força no Brasil e Usinas Sócias da Copersucar têm papel de destaque ver mais
24/05/2019
Programa Família Presente: crianças visitam Terminal e tornam-se multiplicadores da cultura de segurança Copersucar
Se para um adulto as operações do Terminal Açucareiro Copersucar TAC impressionam, aos olhos de uma criança as montanhas de açúcar no armazém ou o grande... ver mais
12/03/2019
Por dentro do TAC: como é o dia a dia do Centro de Controle Operacional no maior Terminal da Copersucar
“Somos o coração e o cérebro do Terminal da Copersucar em Santos.” Assim o programador Yury dos Santos Nunes, 31 anos, costuma definir o Centro... ver mais
18/02/2019
Por dentro do TAC: como é o dia a dia da Operação no maior Terminal Açucareiro da Copersucar
É de tirar o fôlego! As montanhas de açúcar que se formam nos amplos armazéns destinados para açúcar, com capacidade para estocar em torno de... ver mais
05/02/2019
Por dentro do TAC: como é o dia a dia da manutenção elétrica no maior Terminal da Copersucar em Santos
São 7h de uma manhã quente no Porto de Santos (SP), e o técnico em Elétrica Bruno Ramalho Morine já está paramentado e animado para... ver mais
14/01/2019
Por dentro do TAC: como é o dia a dia no maior Terminal Açucareiro da Copersucar em sua Rotina de Segurança do Trabalho
Gigantesco. Esse é o adjetivo que melhor descreve a primeira impressão do Terminal Açucareiro Copersucar (TAC), em Santos (SP), que funciona 24 horas por dia... ver mais
11/12/2018
Carro elétrico ou a etanol? A contribuição de cada um para o clima
A busca de alternativas sustentáveis para a mobilidade urbana, diante da necessidade de se reduzir as emissões de gases de efeito estufa (GEE), tem sido... ver mais
14/11/2018
Etanol reduz impacto da poluição na saúde
O etanol, biocombustível derivado de cana-de-açúcar melhora a qualidade do ar e da vida de moradores dos grandes centros urbanos ver mais