Copersucar registra faturamento recorde e triplica lucro líquido na safra 2020-2021

23/06/2021

A Copersucar S/A encerrou a safra 2020/21 com excelentes resultados ao registrar lucro líquido consolidado três vezes maior na comparação com período anterior, atingindo R$ 375 milhões de rendimento (+215%). A companhia também ultrapassou, pela primeira vez, a marca de R$ 38,7 bilhões de faturamento (+28,5%). Além do contundente desempenho financeiro, a empresa foi destaque pela sustentabilidade da sua produção, proporcionando saldo positivo em favor do clima de 2,4 milhões de toneladas de CO2eq no balanço líquido de emissões evitadas e geradas pelo conjunto dos seus negócios e usinas sócias.

A consistência do seu projeto estratégico de atuação como plataforma global de negócios de açúcar, etanol e logística, aliada a um eficiente sistema de parcerias e às melhores práticas ambientais, sociais e de governança possibilitou o crescimento da Copersucar S/A. Desde a safra 2009-2010, quando registrou R$ 3,8 bilhões, o seu faturamento se multiplicou por 10.

O resultado apurado na safra 2020/21 foi ainda marcado pela relevante redução de 25% do endividamento líquido consolidado e pela manutenção da política de alongamento do perfil da dívida, mantendo-se mais de 80% dos vencimentos no longo prazo.

Para Luís Roberto Pogetti, presidente do Conselho de Administração da Copersucar e da Alvean, a estratégia de investimento de mais de R$ 4 bilhões realizada nos últimos anos para a internacionalização das atividades da companhia, com foco na ampliação e consolidação da liderança no mercado global, através de um sistema logístico e de parcerias, vem se mostrando muito acertada.

“A cada safra comercializada, apresentamos crescimento sustentável em todas as nossas operações, incluindo resultados muito positivos da Eco-Energy e da Alvean Sugar, que contribuíram significativamente para o aumento da rentabilidade da empresa. E o que me deixa ainda mais orgulhoso é saber que toda esta estrutura foi construída dentro de um forte contexto de contribuição ambiental, onde a Copersucar se firma como protagonista de uma nova economia de baixo carbono”, completa o executivo.

Analisando ainda as empresas investidas, é importante destacar o acordo firmado para aquisição integral da Alvean Sugar SL, que certifica mais uma vez o caminho estratégico traçado pela Copersucar S/A em ser uma referência global no mercado de açúcar. Este movimento consolida o seu papel de destaque no seleto grupo de companhias brasileiras com relevância internacional e com capacidade de transformação nos setores em que participa, reafirmando a sua posição de maior comercializadora de açúcar do mundo.

Sobre o ambiente de negócios apresentado na última safra, João Roberto Teixeira, presidente executivo da Copersucar S/A e presidente do Conselho de Administração da Eco-Energy, destaca a extraordinária flexibilidade da companhia frente a grave crise sanitária imposta pela Covid-19 aliada ao notável desempenho operacional.

“Mesmo diante das incertezas que se apresentaram em relação aos possíveis impactos da pandemia sobre o ambiente econômico e o consumo efetivo de combustíveis, a empresa cumpriu seu propósito de conectar o campo ao mundo, assegurando a oferta de produtos essenciais, com energia limpa e alimento natural, de maneira segura e sustentável. Os produtores tiveram uma resposta ágil e eficiente, e a nossa indústria teve a capacidade de combinar produtos, permitindo o balanceamento da oferta com a demanda de etanol. Este movimento somado à estratégia de aceleração da fixação de preços no mercado de futuros de açúcar possibilitou a obtenção de uma das melhores remunerações dos últimos anos”, ressalta Teixeira.

Logística, Açúcar e Etanol

A performance financeira da Copersucar S/A na safra 2020-2021 deve-se ao seu notável desempenho operacional, motivado, entre outros fatores, pela excelente performance da logística no Brasil que bateu recorde de volumes. De 1º de abril de 2020 a 31 de março de 2021, o transporte total de açúcar foi 37% maior em relação à safra anterior e o volume total de venda de serviços de elevação cresceu 11%, de 7,9 para 8,8 milhões de toneladas. Por meio de eficientes contratos ferroviários e grande flexibilidade para elevação portuária de açúcar e grãos, a companhia atingiu recordes de embarques de exportação de açúcar pelo Terminal em Santos (TAC).

As indefinições sobre o consumo de combustível provocadas pela pandemia durante a safra marcaram o direcionamento maior da produção para o açúcar, alterando o cenário registrado nos últimos dois períodos. Neste contexto, a Copersucar apresentou um forte crescimento na comercialização do produto com mais de 5,4 milhões de toneladas negociadas (+43%). Com a redução da produção em outros países que reduziu os estoques globais, cerca de 3,4 milhões de toneladas deste volume teve como destino o mercado externo. A safra também marcou o sexto ano completo de atuação da Alvean Sugar SL, que manteve sua posição de liderança no mercado mundial de açúcar ao comercializar cerca de 14 milhões de toneladas deste produto.

Dentro deste panorama, houve uma consequente redução da produção de etanol, que acabou promovendo o equilíbrio significativo no balanço físico do produto, com firme recuperação de preços na segunda metade da safra, motivada pela retomada gradual da demanda. No período, a empresa comercializou 11,1 bilhões de litros no mercado, sendo 4,6 bilhões de litros pela Copersucar S/A, incluindo mercado interno e exportações, e 6,5 bilhões de litros movimentados pela Eco-Energy na América do Norte, que ainda teve um eminente ano em suas operações de comercialização de gás natural nos Estados Unidos.

Sustentabilidade

Desde a sua criação, a Copersucar S/A é uma empresa positiva para o clima Em 13 anos, a companhia evitou a emissão no meio ambiente mais de 70 milhões toneladas de CO2eq, volume que corresponde ao trabalho de absorção de cerca de 500 milhões de árvores pelo período de 20 anos, quantidade suficiente para cobrir uma área duas vezes maior que a cidade de São Paulo.

E mantendo este perfil de contribuição ao clima e para a formação de uma economia de baixo carbono, a Copersucar S/A foi a principal protagonista do RenovaBio na safra 2020-2021. Além de ser o primeiro grande grupo do setor a concluir as certificações de todas as suas unidades produtivas, liderou a emissão de títulos verdes em 2020, com 18% de participação no primeiro ano do programa. Na safra, foram escriturados 3,1 milhões de títulos de CBios, o que equivale a um projeto de reflorestamento com 21,7 milhões de árvores crescendo ao longo de 20 anos. Durante a safra, cinco usinas já passaram pelo processo de recertificação e apresentaram melhoria de até 25% em suas notas de eficiência energético-ambiental.

Ainda na agenda ambiental, a companhia realizou o levantamento das fontes de emissão de gases de efeito estufa (GEE) em todo seu processo de produção e distribuição, usando a metodologia GHG Protocol. No balanço líquido das emissões evitadas e geradas pelos negócios etanol, açúcar e logística na safra 2020-2021 foi apurado um saldo positivo em favor do clima de 2,4 milhões de toneladas de CO2eq. Seriam necessárias 16,8 milhões de árvores crescendo por 20 anos para absorção desse volume de carbono, o que confirma a vocação da Copersucar em ser mais do que neutra em carbono e positiva para o clima.

Do lado social, a empresa desenvolveu, por meio do seu programa social denominado Conecta, ações extremamente relevantes para promover a inclusão social. O projeto proporcionou aos moradores de Santos, São José do Rio Preto e Ribeirão Preto, que se encontravam em situação de vulnerabilidade, cursos online de empreendedorismo e capacitação, minimizando os efeitos da pandemia da Covid-19 nas comunidades onde atua. Em cinco anos de existência o programa beneficiou mais 31 mil pessoas.

Investimentos e estrutura

Na safra 2020-2021, a Copersucar realizou um investimento total consolidado de R$135 milhões, crescimento de 8,9% na comparação com o período anterior.

Outro fato relevante durante a safra foi a transição da presidência executiva da Eco-Energy, iniciada em 2020 e concluída de maneira bem-sucedida no início deste ano, com a chegada de Craig Willis para a posição de CEO da companhia.

Covid-19

Desde o início da pandemia, a Copersucar S/A criou rigorosos protocolos sanitários e sistema de diagnóstico preventivo, aprovados pela equipe técnica especializada do Hospital Albert Einstein. O objetivo foi garantir a segurança e saúde dos seus colaboradores e terceiros, ao mesmo tempo em que manteve a eficiência e produtividade de suas atividades, consideradas essenciais durante todo este período. A companhia ainda propiciou o acesso a serviços de atendimento médico remoto e de apoio para orientações psicológicas, financeiras e jurídicas.

Destaque também para as contribuições da empresa com entregas de álcool para instituições de saúde, realizadas no início da safra, e as ações dos grupos de voluntários da companhia que doaram alimentos e roupas nas comunidades próximas aos terminais.

De acordo com João Teixeira, o foco principal foi aliar a segurança de todos os colaboradores, um dos pilares da cultura organizacional da companhia, a um bom desempenho operacional, meta atingida com sucesso ao longo da pandemia. “O desafio foi grande, mas graças apoio de toda a equipe, conseguimos garantir a distribuição de produtos essenciais para a sociedade, tanto na alimentação, como no fornecimento de combustíveis renováveis”, conclui o executivo.

x-x-x

Sobre a Copersucar

 A Copersucar S.A. é uma plataforma global integrada, líder e referência mundial na comercialização de açúcar e etanol. Seu modelo de negócio, considerado único, combina a oferta em larga escala de produtos de alta qualidade com uma plataforma integrada de logística, transporte, armazenamento e comercialização, no Brasil e no mercado internacional.

 Focada em sustentabilidade, é neutra em carbono e positiva para o clima. Desde 2008, evitou mais de 70 milhões toneladas de CO2eq do meio ambiente com suas operações, volume equivalente a 500 milhões de árvores pelo período de 20 anos.

 Na safra 2020/2021, apresentou faturamento líquido recorde de R$ 38,7 milhões e triplicou seu lucro líquido para R$ 375 milhões, comercializou mais de 11,1 bilhões de litros de etanol e 5,4 milhões de toneladas de açúcar, levando energia e alimento sustentável para o país e o mundo.

 Mais informações em: https://www.copersucar.com.br

LinkedIn – https://www.linkedin.com/company/copersucar/

Instagram – https://www.instagram.com/copersucar/

 Imagens para download e uso editorial em: https://www.copersucar.com.br/imprensa/#imagens

 +++

 INFORMAÇÕES PARA IMPRENSA

GWA Comunicação Integrada

Paulo Mathias – paulo@gwa.com.br – (11) 96915-4316

Fernanda Gomes Silva – Fernanda@gwa.com.br – (11) 98261-8152