Categorias

Publicada por Assessoria de Imprensa 20/02/2018

Acionistas aprofundam o conhecimento sobre os negócios

Acionistas tiveram contato com negócios como a joint venture Alvean. Foto: Fábio Franci

Com um modelo de negócio considerado único no setor sucroenergético, a Copersucar tem como um dos elos fundamentais de sua cadeia de valor as 35 Usinas Sócias, que pertencem a 20 grupos econômicos. Para se aproximar de futuras lideranças das associadas e ampliar o conhecimento da empresa e seus mercados, a Companhia criou no ano passado a primeira edição do Programa de Formação e Relacionamento com Acionistas, com representantes indicados dentre as Usinas que formam o quadro societário.

O curso teve a supervisão acadêmica do Insper, centro de referência em educação e geração de conhecimento nas áreas de Administração, Economia, Direito e Engenharia, em São Paulo (SP). Os módulos totalizaram uma carga horária de 130 horas, com palestras, fóruns, simulações e aulas presenciais mesclando temas alinhados com a realidade do negócio da Copersucar, tais como Governança, Ética, Economia, Finanças, Mercados de Açúcar e Etanol, Logística, Estratégia e Cultura Corporativa, Sustentabilidade e Modelo de Gestão.

A grade curricular do Programa contou também com visitas a duas unidades logísticas da empresa: o Terminal Açucareiro Copersucar (TAC), em Santos, e o Terminal Copersucar de Etanol (TCE), em Paulínia, ambos no estado de São Paulo. Os encontros foram avaliados positivamente pelos envolvidos, por ampliar a compreensão do negócio da Companhia pelos acionistas.

“Foi muito interessante entender melhor o tamanho da Copersucar; a complexidade de se ter vários sócios; e as etapas que envolvem o açúcar e o etanol, desde a logística do transporte até o destino final”, afirma Celina Aquino, que representou a Usina Jacarezinho. Frederico Fontes Balbo, representante da Usina Santo Antônio, conta que teve “uma excelente oportunidade de aprofundar o conhecimento sobre a Copersucar, com o diferencial de ter nas aulas a presença de executivos, o que nos aproximou dos tomadores de decisão”.

“Com este programa queremos aprimorar a compreensão do modelo de negócio da Copersucar e sua relação com as Usinas Sócias, além de fortalecer os vínculos com a organização, aproximando participantes do programa dos executivos e principais líderes da Companhia”, explica Luís Roberto Pogetti, presidente do Conselho de Administração da Copersucar.

Ao final das aulas, os alunos apresentaram ao Conselho de Administração projetos aplicados à realidade da Companhia. Dentre os trabalhos, as relações entre Usinas, Copersucar e clientes estiveram como foco das abordagens. Uma nova turma do programa está prevista para este primeiro semestre de 2018.

Tags: , ,
3+

Últimas notícias

14/11/2019
Como o açúcar chegou ao Brasil
O açúcar nasceu na Ásia no século 5, atravessou continentes, já foi artigo de luxo na Europa e chegou ao Brasil no século 16, onde,... ver mais
15/10/2019
Etanol: consumo aquecido e produção recorde
A demanda por etanol hidratado segue aquecida neste Ano Safra 2019/2020, que teve início em abril, motivada pelo preço do combustível, que está mais atrativo... ver mais
27/09/2019
Mais qualidade de vida com o uso do etanol
Em 19 de setembro, o Brasil comemorou 40 anos da assinatura do Protocolo entre o Governo Federal e a Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos... ver mais
04/09/2019
Energia de valor: vida longa ao etanol!
“Hoje, o etanol tem seu valor reconhecido e deve permanecer em nossa matriz energética por um bom tempo, já que é uma energia absolutamente limpa... ver mais
19/08/2019
O caminho do açúcar: o produto chega ao cliente
Encerramos a série de três reportagens sobre a trajetória do açúcar falando um pouco mais sobre o cliente? Após criteriosos processos de produção e logística,... ver mais
05/08/2019
O caminho do açúcar: logística conecta o campo ao mundo
Na segunda reportagem da série especial sobre o caminho que o açúcar percorre desde que deixa o campo até ganhar o mundo, abordaremos a comercialização... ver mais
24/07/2019
Do campo ao consumidor: o caminho do nosso açúcar
O caminho percorrido pelo mais doce dos insumos, desde o canavial até o cliente, é mais complexo do que parece. É por isso que vamos... ver mais
27/06/2019
RenovaBio: menos poluentes, mais investimentos para o setor agrícola
Aumento de demanda por biocombustíveis deve aumentar produtividade agrícola e atrair mais investimentos para setor de etanol ver mais