Categorias

Publicada por Copersucar 18/02/2021

As aplicações comerciais dos diferentes tipos de açúcar

Você sabia que rações animais, drágeas de medicamentos e aquele fluido utilizado para realçar a cor preta no pneu do carro contêm açúcar? Além de adoçar o café nosso de cada dia, o mais doce dos insumos está presente em diversos produtos, na forma sólida ou líquida. E essas aplicações industriais irão determinar o tipo de açúcar que será produzido.

As 34 usinas sócias da Copersucar fabricam os açúcares branco e bruto, cujo principal diferencial, além da cor, é sua pureza, medida pela quantidade de sacarose. Com 99,7% de pureza, o açúcar cristal branco é próprio para o consumo humano e serve como ingrediente para a indústria alimentícia e de bebidas, na produção de balas, confeitos e refrigerantes, por exemplo (veja o infográfico abaixo). Já o açúcar cristal bruto, que atinge 99,5% de pureza, é utilizado comercialmente como matéria-prima relacionada a processos fermentativos para a produção de polióis, lisina, glutamato monossódico e ácido cítrico, entre outros. Também é possível a aplicação na indústria de alimentos, mas exige processos industriais mais robustos nas instalações dos clientes.

O gerente de Vendas – Açúcar Mercado Interno da Copersucar, Marcelo Soares, explica que as diferentes aplicações do produto demandam processos distintos. “Para ser consumido como ingrediente, o açúcar bruto tem de passar por etapas de reprocessamento, o que, conforme a aplicação, nem sempre é necessário ou interessante economicamente”, esclarece.

Fábrica de Açúcar

Na usina, tudo começa nas moendas, onde é feita a extração do caldo da cana-de-açúcar. O líquido extraído na primeira moagem, que tem melhor qualidade porque concentra a maior quantidade de sacarose, passa por diversas etapas de tratamento (confira abaixo), a fim de atingir a especificação necessária à aplicação desejada. Eliminadas as impurezas solúveis e insolúveis, o caldo é enviado para ser processado na unidade da usina conhecida como Fábrica de Açúcar.

Na Fábrica de Açúcar, a massa obtida ao final do processo de cristalização, formada por cristais de sacarose e mel, é submetida à centrifugação. Na centrífuga, a tela que reveste o interior deixa passar o mel e retém apenas os cristais de açúcar.

Nesse momento, o açúcar branco é lavado na centrifugação, com jato de água de elevada pressão. Já o bruto, dispensa a lavagem. O açúcar segue, então, para a secagem, o envaze e armazenamento. “Quando temos parâmetros controlados em função de sua aplicação final e processos industriais eficientes e seguros, podemos assegurar a qualidade do açúcar. Nosso esforço é garantir o produto adequado, que atenda aos mais rigorosos critérios de segurança alimentar e sustentabilidade”, conclui Marcelo Soares.

O açúcar das refinarias

O açúcar tipo bruto é o utilizado como matéria-prima para refinarias. Ele passa por um processo muito semelhante ao realizado nas usinas. “É como se voltasse ao início do tratamento do caldo da cana. A diferença é que dispensa a etapa de concentração, pois o produto já é dissolvido com o nível de concentração de sacarose definido”, informa Marcelo Soares.

As refinarias produzem o açúcar cristal refinado e o açúcar líquido (que é refinado, mas não cristalizado), ambos muito utilizados pelas indústrias farmacêutica e de bebidas pela altíssima concentração de sacarose (99,98% de pureza).

+1

Últimas notícias

14/10/2021
Usinas investem em cogeração de energia limpa
Bagaço da cana-de-açúcar da produção de açúcar e etanol das usinas Jacarezinho e da Pedra, associadas da Copersucar, é utilizado para gerar energia. ver mais
30/09/2021
Copersucar é eleita a Empresa do Ano pelo prêmio Valor 1000
A Copersucar foi reconhecida, nesta quarta-feira (29), como a “Empresa do Ano” durante a 21ª edição do Prêmio Valor 1000. O ranking, homologado pela Escola... ver mais
21/09/2021
Usinas preservam mais de 121 mil hectares de vegetação, equivalente à área da cidade do Rio de Janeiro
A Copersucar, por meio de suas 34 associadas, atua na preservação ambiental, seguindo as melhores práticas produtivas de cana-de-açúcar. ver mais
26/08/2021
Setor sucroalcooleiro investe na redução de Gases de Efeito Estufa
Setor investe em tecnologia e práticas sustentáveis para aumentar a eficiência energética e mitigar a pegada de carbono. ver mais
05/08/2021
Copersucar é protagonista da economia de baixo carbono
Copersucar aumenta faturamento e reduz pegada de carbono. Na Safra 20/21, evitou a emissão de 2,4 milhões de toneladas de CO2eq na atmosfera. ver mais
19/07/2021
Mudanças climáticas exigem empresas sustentáveis
O diretor do INMET, Miguel Lacerda, aborda o RenovaBio, os biocombustíveis e as iniciativas para enfrentar os riscos climáticos. ver mais
05/07/2021
Grupo Cocal inicia produção de biogás em Narandiba (SP)
A fim de combater o aquecimento, o mundo está em busca de alternativas energéticas de baixa emissão de Gases de Efeito Estufa (GEE). No Brasil,... ver mais
22/06/2021
Copersucar apresenta faturamento recorde na Safra 2020/2021
Na manhã desta terça-feira (22), executivos da Copersucar apresentaram os resultados da safra 2020/2021  para representantes de instituições financeiras e seguradoras em um encontro online.... ver mais