Categorias

Publicada por Assessoria de Imprensa 20/12/2017

Copersucar avança na criação de uma marca da liderança

Profissionais da Copersucar em encontro da Escola de Liderança, realizada em 2017. Divulgação/Copersucar

Profissionais da Copersucar em encontro da Escola de Liderança. Foto: Divulgação/Copersucar

Durante todo o ano de 2017, a Copersucar ampliou a formação de sua Marca da Liderança. Foram realizados cerca de 100 horas de treinamentos focados em todos os seus níveis de gestão. Um dos destaques, com bons resultados identificados em uma Pesquisa de Engajamento, foi para os módulos realizados com o primeiro nível de liderança que atua nos Terminais em Santos, Ribeirão Preto e Paulínia.

Por meio de módulos presenciais e trabalhos de coaching, os participantes têm a oportunidade de trocar conhecimentos e de se desenvolver em três dimensões: Empresa, Marca da Liderança e Individual. O conteúdo é todo personalizado e adaptado ao perfil dos profissionais da Copersucar.

No projeto focado em líderes de Terminais, participam 60 profissionais em cargos de encarregado, supervisor e coordenador. O objetivo é transformar situações do cotidiano de cada um desses líderes em experiências conscientes de aprendizado do que se espera de um Líder Copersucar. Eles tiveram aulas de: autoconhecimento, efetividade de liderança, comunicação, relacionamento produtivo, negociação e tratamento de conflitos, entre outros. A cada encontro, todos tinham de apresentar exemplos e o que tinham conseguido realizar até então.

A principal evolução notada foi na comunicação entre os envolvidos. Todos os setores consideram que o apontamento de problemas e a busca por soluções estão melhores, mais ágeis e mais objetivos. “Aplicamos o conhecimento no controle de recebimento e carregamento nos Terminais, melhoramos performance de equipamentos – até descobrimos um problema de elevador com esses exercícios e o solucionamos. O feedback e a solução de conflitos melhoraram muito”, explica Sandro Geraldo Chiquino, coordenador do Terminal Multimodal Copersucar de Ribeirão Preto.

Dentre as avaliações internas posteriores ao curso, como a Pesquisa de Engajamento, os funcionários dos Terminais são atualmente os que mais recomendariam a Copersucar para trabalhar, aqueles que se sentem mais orgulhosos, e com os índices mais altos de pertencimento ao sucesso da Companhia.

Níveis executivos também recebem formação especializada

Um programa personalizado tem sido aplicado também para coordenadores, gerentes e diretoria da Copersucar alocados nas áreas administrativas da Companhia. Com duração de dois anos, o objetivo é alavancar as competências de gestão de pessoas e de negócios de seus líderes. Na grade curricular estão palestras, fóruns, diálogos, projeto aplicativo, assessment e coaching individuais.

O projeto avançará em 2018, buscando levar a esses profissionais mais capacitação também na busca pelo desenvolvimento das três dimensões: Empresa, Marca da Liderança e Individual.

A ESCOLA DE LIDERANÇA PARA QUEM A APLICA

Depoimentos de funcionários da Copersucar

“De uma forma bem simples de entender, a Escola nos mostrou que a empresa não mediu esforços em fazer algo para o melhor de todos. Percebemos que o treinamento pode ajudar, inclusive em casa, se soubermos ouvir, tratar os assuntos de forma mais objetiva e trabalhar melhor com as partes.”
Edson Neves Almeida, supervisor de Segurança Patrimonial no Terminal Açucareiro Copersucar (TAC), em Santos

“Foi um treinamento de teoria e prática com aplicação imediata. Aprendemos com a Escola de Liderança a olhar para nós mesmos, quanto tempo gastávamos com tudo e como podemos melhorar. Uma lição que tirei: não dou mais respostas, faço perguntas.”
Joel Souza, supervisor de Manutenção no Terminal Açucareiro Copersucar (TAC), em Santos

“Antes não sabia como abordar quando tinha algo importante para resolver. Agora, se percebo algo para incentivar, converso individualmente. Não tinha essa noção, e aprendi a dividir esse ganho da Escola de Liderança com todos.”
Raimundo Pinheiro, encarregado de Operações no Terminal Açucareiro Copersucar (TAC), em Santos

Últimas notícias

31/03/2020
Usina Caçu: primeira flex certificada no RenovaBio
A versatilidade é uma característica que aparece em vários setores do mercado brasileiro. A Usina Caçu, em Vicentinópolis (GO), é um exemplo. No dia 13... ver mais
26/03/2020
Copersucar e usinas associadas doam álcool 70% para combate ao coronavírus
Como forma de apoiar o combate ao novo coronavírus (COVID -19), a Copersucar e suas usinas sócias dedicaram parte da sua estrutura para a produção... ver mais
12/03/2020
Copersucar quer escriturar seus CBios
Um passo importante para o avanço da Copersucar no Programa RenovaBio foi dado nesta quarta-feira (11), com a assinatura de um contrato simbólico com o... ver mais
03/03/2020
Etanol: a logística de distribuição do biocombustível de cana-de-açúcar
Na reportagem anterior, mostramos o processo de produção do etanol; agora, iremos apresentar a sofisticada logística de distribuição do biocombustível de cana-de-açúcar para abastecer os... ver mais
13/02/2020
Etanol: a transformação da cana-de-açúcar em combustível
Nesta reportagem, você irá conhecer o processo de produção do etanol, desde a lavoura até a transformação da cana-de-açúcar no biocombustível, que, hoje, faz do... ver mais
31/01/2020
A história do Porto de Santos começa com o açúcar
O Porto de Santos, até hoje o maior polo marítimo exportador de açúcar do país, foi criado para escoar a produção de açúcar, no início... ver mais
23/01/2020
Engenho dos Erasmos: marco histórico aberto a visitas guiadas
Na quarta reportagem da série sobre a história do açúcar no Brasil, você irá conhecer um pouco mais sobre a importância do Engenho dos Erasmos... ver mais
09/01/2020
A civilização do açúcar: características singulares estruturam as políticas no Brasil
Aqui continuamos a série sobre a história do açúcar no Brasil (leia as reportagens anteriores acessando os links no fim do texto). No Nordeste, a... ver mais