Categorias

Publicada por Assessoria de Imprensa 12/03/2019

Por dentro do TAC: como é o dia a dia do Centro de Controle Operacional no maior Terminal da Copersucar

“Somos o coração e o cérebro do Terminal da Copersucar em Santos.” Assim o programador Yury dos Santos Nunes, 31 anos, costuma definir o Centro de Controle Operacional (CCO) do Terminal Açucareiro Copersucar (TAC), em Santos (SP). E é acompanhando um pouco da rotina dele que esta série especial de quatro reportagens sobre o funcionamento do Terminal a partir do dia a dia de quatro de seus 360 colaboradores se encerra (Reveja, aqui, as três reportagens anteriores).

Os 18 profissionais do CCO, entre operadores, programadores e gestores, controlam todos os processos operacionais do TAC Santos (SP). Cada um dos quatro turnos diários conta com dois operadores, que se concentram em uma sala, de onde monitoram tudo pelo painel eletrônico e pelas telas de computador. Um acompanha as operações de descarga enquanto o outro se dedica ao embarque.

Yury, que já passou por ambas as funções, explica que, na descarga, o profissional fica de olho nas moegas, autoriza ou não os comandos nos equipamentos solicitados pela equipe no local e verifica, em tempo real, se tudo está funcionando bem ou se algum equipamento aponta paradas ou falhas.

No embarque, o operador precisa focar na preparação das rotas compostas pelas esteiras transportadoras, que levam o açúcar a granel até os navios no Porto de Santos. Ele também faz a interface com o operador dos três shiploaders (carregadores de navio), garantindo que o roteiro do embarque esteja sendo seguido.

No entanto, ambos os operadores, seja do embarque ou da descarga, tem algo em comum, que é buscar a otimização da operação, com o objetivo de alcançar o máximo de eficiência possível dentro dos padrões de segurança estabelecidos.

 

Visão macro do Terminal Copersucar

No TAC desde 2011, Yury passou pelas áreas de monitoramento e triagem, até chegar ao CCO, em 2016, na função de operador. E, desde setembro último, ocupa o atual cargo de programador na Copersucar. Como programador, ele tem novos desafios, precisa ter uma visão macro das operações de descarga e embarque. Mas, seu conhecimento como operador é um grande trunfo.

Na atual rotina de trabalho, ele elabora o roteiro que será seguido nas operações. Para isso, checa no sistema as eventuais ocorrências, o número de vagões e caminhões previstos para descarregar, o volume de açúcar que será descarregado e o que será embarcado, em qual navio e a quantidade e nos porões da embarcação.

“Estou vivendo um ótimo momento profissional, com muito a celebrar”, afirma. Formado em Logística pela Unimonte, o santista quer aprender mais sobre o negócio da Copersucar, agregar conhecimento, crescer na carreira e enfrentar novos desafios.

 

A grandiosidade do TAC

Dotado de equipamentos modernos e atualizados tecnologicamente, e de processos de gestão em linha com as melhores práticas do mercado, o Terminal Açucareiro Copersucar (TAC) funciona 24 horas, sete dias por semana, movimentando, em média, 36 mil toneladas diárias de açúcar a granel. Sua capacidade estática de armazenagem é de 300 mil toneladas e os três shiploaders (carregadores de navio) conseguem embarcar até 5,4 mil toneladas por hora, nos navios que zarpam do maior porto exportador da América Latina rumo ao Oriente Médio, Norte da África e Ásia, entre outros países. Hoje, sua capacidade de embarque alcança 8,5 milhões de toneladas por ano – também escoa soja e milho, em menor escala. Em novembro último, o TAC bateu o recorde de embarque em um só navio: 82.330 toneladas, em uma operação que durou 49 horas.

Últimas notícias

13/02/2020
Etanol: a transformação da cana-de-açúcar em combustível
Nesta reportagem, você irá conhecer o processo de produção do etanol, desde a lavoura até a transformação da cana-de-açúcar no biocombustível, que, hoje, faz do... ver mais
31/01/2020
A história do Porto de Santos começa com o açúcar
O Porto de Santos, até hoje o maior polo marítimo exportador de açúcar do país, foi criado para escoar a produção de açúcar, no início... ver mais
23/01/2020
Engenho dos Erasmos: marco histórico aberto a visitas guiadas
Na quarta reportagem da série sobre a história do açúcar no Brasil, você irá conhecer um pouco mais sobre a importância do Engenho dos Erasmos... ver mais
09/01/2020
A civilização do açúcar: características singulares estruturam as políticas no Brasil
Aqui continuamos a série sobre a história do açúcar no Brasil (leia as reportagens anteriores acessando os links no fim do texto). No Nordeste, a... ver mais
18/12/2019
Açúcar traça o caminho para a formação da sociedade brasileira atual
Nesta série sobre a história do açúcar no Brasil, já mostramos como ele chegou ao país. Agora, vamos contar um pouco mais sobre como o... ver mais
14/11/2019
Como o açúcar chegou ao Brasil
O açúcar nasceu na Ásia no século 5, atravessou continentes, já foi artigo de luxo na Europa e chegou ao Brasil no século 16, onde,... ver mais
15/10/2019
Etanol: consumo aquecido e produção recorde
A demanda por etanol hidratado segue aquecida neste Ano Safra 2019/2020, que teve início em abril, motivada pelo preço do combustível, que está mais atrativo... ver mais
27/09/2019
Mais qualidade de vida com o uso do etanol
Em 19 de setembro, o Brasil comemorou 40 anos da assinatura do Protocolo entre o Governo Federal e a Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos... ver mais