Categorias

Publicada por Copersucar 23/01/2020

Engenho dos Erasmos: marco histórico aberto a visitas guiadas

Na quarta reportagem da série sobre a história do açúcar no Brasil, você irá conhecer um pouco mais sobre a importância do Engenho dos Erasmos para o desenvolvimento da cultura de açúcar no Brasil.

Donatário da Capitania de São Vicente (SP), Martim Afonso de Souza pode ser considerado o impulsionador da indústria açucareira no país. Ele incrementou a produção regular na colônia ao construir, em 1534, o então denominado Engenho do Governador, posteriormente “dos Erasmos”, quando adquirido pela família Schetz, em 1540.

Documentação escrita revela que, além da fábrica propriamente dita, o Engenho dos Erasmos comportava construções para servir de moradia, administração e ferraria. A produção de cana-de-açúcar para exportação funcionou até o século 18, quando, segundo o arquiteto holandês Paul Meurs, o engenho entrou em decadência e encerrou suas atividades.

O açúcar era embarcado em Santos (SP) cru, dentro de caixas, com destino a Portugal. Segundo o site Bondinho Pão de Açúcar, o famoso cartão postal-postal do Rio de Janeiro (RJ) leva esse nome devido à semelhança com as fôrmas cônicas nas quais os blocos de açúcar eram armazenados e embarcados nos navios rumo à Europa.

Ao chegar no destino, era encaminhado a Amsterdã, na Holanda, de onde era distribuído pela Europa e levado às refinarias. Na volta, os navios traziam produtos manufaturados, como roupas e joias. “Em razão dessa rede intercontinental, considera-se o açúcar a primeira commodity comercializada em escala global, afetando diversos setores da economia nos séculos 16 e 17”, afirma um trecho do livro “Cana-de-açúcar – a saga da cana no Brasil”, de Xavier Bartaburu.

Em 1943, os terrenos com as ruínas foram adquiridos por Otávio Ribeiro de Araújo, que loteou a propriedade e doou o Engenho São Jorge dos Erasmos à Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo (FFLCH/USP), no ano de 1958. O Monumento Nacional Ruínas Engenho São Jorge dos Erasmos é aberto a visitas guiadas gratuitas, além de realizar ações educativas voltadas para crianças.

Confira as reportagens anteriores dessa série:

0

Últimas notícias

06/04/2021
Bioenergy from Sugarcane: o potencial do setor sucroenergético brasileiro
Lançado em 19 de março, com apoio da Ourofino Agrociência, o livro Bioenergy from Sugarcane apresenta ao mundo o potencial sustentável do setor sucroenergético brasileiro,... ver mais
22/03/2021
Mercado de CBios avança e deve crescer ainda mais em 2021
Preocupado com as mudanças climáticas, o mundo caminha a passos largos para uma economia de baixo carbono. Nesse cenário, o mercado de Créditos de Descarbonização... ver mais
08/03/2021
Copersucar e Instituto Crescer formam jovens empreendedores
A Copersucar e o Instituto Crescer desenvolvem nas cidades paulistas de Santos, Ribeirão Preto e São José do Rio Preto o Programa Conecta, que oferece à... ver mais
05/03/2021
Copersucar promove live com especialista para reforçar orientações sobre a Covid-19
Após um ano do início das ações de combate ao coronavírus, a Copersucar convidou o médico e responsável pela área de Medical Affairs da Bayer para... ver mais
18/02/2021
As aplicações comerciais dos diferentes tipos de açúcar
Você sabia que rações animais, drágeas de medicamentos e aquele fluido utilizado para realçar a cor preta no pneu do carro contêm açúcar? Além de... ver mais
03/02/2021
Açúcar ou etanol: usinas decidem o que produzir
Quem acompanha o noticiário já percebeu que os mercados de açúcar e etanol são bastante dinâmicos. Ora está mais favorável a um, ora a outro.... ver mais
20/01/2021
Atualizado, Canal Ético ganha atendimento bilíngue
A Copersucar reformulou o seu Canal Ético e agora disponibiliza atendimento também em inglês, com a nova gestão da ferramenta pela ICTS. “Temos escritórios na... ver mais
22/12/2020
Ano de transformações
Em um ano tão desafiador como 2020, fica claro a importância do coletivo, pois foi a dedicação de nosso time e a parceria de toda... ver mais