Categorias

Publicada por Assessoria de Imprensa 31/10/2018

Etanol ou gasolina: qual é mais vantajoso?

Afinal, o que vale mais para o bolso do motorista de veículo flex fuel: abastecer com etanol – conhecido popularmente como álcool – ou gasolina? Até recentemente, a questão era respondida por meio de um cálculo simples: dividindo-se o preço do litro de etanol pelo valor do litro de gasolina. Se o resultado fosse até 0,7, o álcool seria a opção economicamente mais vantajosa. Isso porque se levava em consideração que o etanol tem, em média, 70% do poder calorífico da gasolina.

Usado como referência até hoje, esse número pode estar defasado. Estudo do Instituto Mauá de Tecnologia, com o apoio da União da Indústria de Cana-de-Açúcar (UNICA), mostrou que o rendimento dos carros movidos com etanol pode chegar até 75,4% dos veículos que rodam com gasolina. Os testes de desempenho da pesquisa “Análise Estatística de Desempenho e Performance de Combustíveis” foram realizados em vias públicas durante seis meses, em 2017, em quatro modelos de diferentes categorias: Popular 1.0, Sedan Médio, SUV e Popular 1.6.

O professor e chefe da Divisão de Motores e Veículos do Centro de Pesquisas do Instituto Mauá de Tecnologia, Renato Romio, explica que essa diferença se dá porque o Programa Brasileiro de Etiquetagem Veicular (PBEV) – criado pelo Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro) – realiza os testes em laboratório e utiliza como padrão a gasolina com 22% de etanol anidro em sua composição, o que resulta no índice de eficiência  em torno de 70%. “Na prática, porém, a gasolina encontrada nas bombas contém 27% de etanol anidro, o que leva a uma eficiência do etanol hidratado de até 75% em relação à gasolina”, afirma. Além disso, os motores dos carros atuais também evoluíram nos últimos anos.

Segundo o especialista, que também preside o Conselho da Associação Brasileira de Engenharia Automotiva (AEA), outras variáveis influenciam no consumo: a maneira como o condutor dirige, as condições do terreno e a tecnologia de cada veículo.

 

Como calcular o desempenho gasolina x etanol

 

Baseado no estudo, o professor afirma que a maneira correta de se fazer o cálculo é testar o próprio veículo. “O ideal é o motorista medir o consumo do carro com etanol e com gasolina, sempre fazendo o mesmo percurso, nas mesmas condições, e dividir o desempenho do primeiro pelo do segundo. O resultado corresponde à eficiência e será usado para a comparação”, explica.

 

Aprenda a calcular com o exemplo abaixo

– Quantos quilômetros seu carro faz com um tanque de etanol: 290 km

– Quantos quilômetros seu carro faz com um tanque de gasolina: 400 km

– Divida 290 por 400 = 0,725 (essa é a eficiência do seu motor com etanol em relação à gasolina)

– Preço da gasolina na bomba de combustível (valor hipotético): R$ 3,599

– Multiplique 3,599 por 0,725 = 2,609 (esse é o preço máximo que você deve pagar pelo etanol para ele ser mais econômico que a gasolina)

– Repita a conta usando gasolina (preço na bomba x resultado da eficiência do seu motor) sempre que abastecer, para saber qual combustível apresenta a maior vantagem financeira para você.

 

 

Leia também: Etanol hidratado e anidro: entenda as diferenças

Últimas notícias

14/11/2019
Como o açúcar chegou ao Brasil
O açúcar nasceu na Ásia no século 5, atravessou continentes, já foi artigo de luxo na Europa e chegou ao Brasil no século 16, onde,... ver mais
15/10/2019
Etanol: consumo aquecido e produção recorde
A demanda por etanol hidratado segue aquecida neste Ano Safra 2019/2020, que teve início em abril, motivada pelo preço do combustível, que está mais atrativo... ver mais
27/09/2019
Mais qualidade de vida com o uso do etanol
Em 19 de setembro, o Brasil comemorou 40 anos da assinatura do Protocolo entre o Governo Federal e a Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos... ver mais
04/09/2019
Energia de valor: vida longa ao etanol!
“Hoje, o etanol tem seu valor reconhecido e deve permanecer em nossa matriz energética por um bom tempo, já que é uma energia absolutamente limpa... ver mais
19/08/2019
O caminho do açúcar: o produto chega ao cliente
Encerramos a série de três reportagens sobre a trajetória do açúcar falando um pouco mais sobre o cliente? Após criteriosos processos de produção e logística,... ver mais
05/08/2019
O caminho do açúcar: logística conecta o campo ao mundo
Na segunda reportagem da série especial sobre o caminho que o açúcar percorre desde que deixa o campo até ganhar o mundo, abordaremos a comercialização... ver mais
24/07/2019
Do campo ao consumidor: o caminho do nosso açúcar
O caminho percorrido pelo mais doce dos insumos, desde o canavial até o cliente, é mais complexo do que parece. É por isso que vamos... ver mais
27/06/2019
RenovaBio: menos poluentes, mais investimentos para o setor agrícola
Aumento de demanda por biocombustíveis deve aumentar produtividade agrícola e atrair mais investimentos para setor de etanol ver mais