Categorias

Desde 2003 os carros no Brasil tem a opção do motor flexfuel
Publicada por Assessoria de Imprensa 20/03/2018

Motores flex: 15 anos de benefícios para o consumidor

Desde 2003 os carros no Brasil tem a opção do motor flexfuel
Desde 2003 os carros no Brasil tem a opção de motor flexfuel para aquisição

Neste ano de 2018 o Brasil completa 15 anos de benefícios contínuos com os combustíveis renováveis para o consumidor. Em 2003, a indústria automobilística lançava os motores que aceitam tanto o etanol quanto a gasolina, com o modelo Gol Power 1.6 Total Flex. Foi mais um passo importante para a adoção no País de uma matriz energética mais sustentável, com consequente diminuição da dependência dos combustíveis fósseis.

Os carros movidos a etanol circulam no Brasil desde os anos 1970, quando foi instituído o Proálcool, mas o incremento no consumo do derivado de cana só foi possível pela melhoria tecnológica do software de controle de injeção eletrônica dos veículos, que passaram a responder adequadamente a cada mistura de combustível. Ao longo dos anos seguintes, todas as montadoras passaram a disponibilizar modelos com o motor flexfluel, capazes de rodar tanto com etanol quanto com gasolina, em qualquer proporção de mistura.

Cresce a eficiência energética

O desempenho do motor com o etanol só melhorou desde então. No estudo mais recente, feito pelo Instituto Mauá de Tecnologia, com o apoio da UNICA (União da Indústria de Cana-de-Açúcar), foi registrado que a eficiência energética do álcool em relação à gasolina comum pode chegar a 75,4%.

Como referência, os valores encontrados para estes mesmos modelos de veículos no Programa Brasileiro de Etiquetagem Veicular (PBEV) ficaram entre 66,7% e 72,1%. Vale destacar que o PBEV utiliza como padrão a gasolina com 22% de etanol anidro,teor de mistura vigente quando o programa foi instituído. Hoje, a gasolina C, vendida ao consumidor nos postos de abastecimento, contém 27% de etanol.

Desde a introdução da tecnologia flexfluel, mais de 30 milhões de veículos que podem rodar tanto com etanol quanto com gasolina foram vendidos no mercado brasileiro, e hoje eles compõem mais de 70% dos automóveis leves licenciados no País por ano. A expectativa é que o etanol esteja ainda mais presente no dia a dia dos consumidores com a implantação do RenovaBio, nova política para incentivar a produção de biocombustíveis e cumprir as metas de descarbonização do Acordo de Paris (conheça mais clicando aqui).

Flex cresce pelo planeta

No mundo, a opção flex também é cada vez mais procurada. Na França há uma corrida por kits de conversão do motor para que aceitem o etanol, e a previsão de aumento de consumo em um ano é de 25%. Com isso, espera-se que os consumidores economizem uma média de 500 euros (cerca de R$ 2 mil reais em março/2018) por ano, segundo a agência Reuters.

A Suécia é outro grande mercado na Europa. Já nas Américas, além do Brasil, os motores flex estão presentes nos Estados Unidos, principalmente na região Centro-Oeste do país, como opção no mercado desde os anos 1990, e média nacional de mistura de etanol à gasolina é de 10%.

Últimas notícias

31/03/2020
Usina Caçu: primeira flex certificada no RenovaBio
A versatilidade é uma característica que aparece em vários setores do mercado brasileiro. A Usina Caçu, em Vicentinópolis (GO), é um exemplo. No dia 13... ver mais
26/03/2020
Copersucar e usinas associadas doam álcool 70% para combate ao coronavírus
Como forma de apoiar o combate ao novo coronavírus (COVID -19), a Copersucar e suas usinas sócias dedicaram parte da sua estrutura para a produção... ver mais
12/03/2020
Copersucar quer escriturar seus CBios
Um passo importante para o avanço da Copersucar no Programa RenovaBio foi dado nesta quarta-feira (11), com a assinatura de um contrato simbólico com o... ver mais
03/03/2020
Etanol: a logística de distribuição do biocombustível de cana-de-açúcar
Na reportagem anterior, mostramos o processo de produção do etanol; agora, iremos apresentar a sofisticada logística de distribuição do biocombustível de cana-de-açúcar para abastecer os... ver mais
13/02/2020
Etanol: a transformação da cana-de-açúcar em combustível
Nesta reportagem, você irá conhecer o processo de produção do etanol, desde a lavoura até a transformação da cana-de-açúcar no biocombustível, que, hoje, faz do... ver mais
31/01/2020
A história do Porto de Santos começa com o açúcar
O Porto de Santos, até hoje o maior polo marítimo exportador de açúcar do país, foi criado para escoar a produção de açúcar, no início... ver mais
23/01/2020
Engenho dos Erasmos: marco histórico aberto a visitas guiadas
Na quarta reportagem da série sobre a história do açúcar no Brasil, você irá conhecer um pouco mais sobre a importância do Engenho dos Erasmos... ver mais
09/01/2020
A civilização do açúcar: características singulares estruturam as políticas no Brasil
Aqui continuamos a série sobre a história do açúcar no Brasil (leia as reportagens anteriores acessando os links no fim do texto). No Nordeste, a... ver mais