Categorias

Desde 2003 os carros no Brasil tem a opção do motor flexfuel
Publicada por Assessoria de Imprensa 20/03/2018

Motores flex: 15 anos de benefícios para o consumidor

Desde 2003 os carros no Brasil tem a opção do motor flexfuel
Desde 2003 os carros no Brasil tem a opção de motor flexfuel para aquisição

Neste ano de 2018 o Brasil completa 15 anos de benefícios contínuos com os combustíveis renováveis para o consumidor. Em 2003, a indústria automobilística lançava os motores que aceitam tanto o etanol quanto a gasolina, com o modelo Gol Power 1.6 Total Flex. Foi mais um passo importante para a adoção no País de uma matriz energética mais sustentável, com consequente diminuição da dependência dos combustíveis fósseis.

Os carros movidos a etanol circulam no Brasil desde os anos 1970, quando foi instituído o Proálcool, mas o incremento no consumo do derivado de cana só foi possível pela melhoria tecnológica do software de controle de injeção eletrônica dos veículos, que passaram a responder adequadamente a cada mistura de combustível. Ao longo dos anos seguintes, todas as montadoras passaram a disponibilizar modelos com o motor flexfluel, capazes de rodar tanto com etanol quanto com gasolina, em qualquer proporção de mistura.

Cresce a eficiência energética

O desempenho do motor com o etanol só melhorou desde então. No estudo mais recente, feito pelo Instituto Mauá de Tecnologia, com o apoio da UNICA (União da Indústria de Cana-de-Açúcar), foi registrado que a eficiência energética do álcool em relação à gasolina comum pode chegar a 75,4%.

Como referência, os valores encontrados para estes mesmos modelos de veículos no Programa Brasileiro de Etiquetagem Veicular (PBEV) ficaram entre 66,7% e 72,1%. Vale destacar que o PBEV utiliza como padrão a gasolina com 22% de etanol anidro,teor de mistura vigente quando o programa foi instituído. Hoje, a gasolina C, vendida ao consumidor nos postos de abastecimento, contém 27% de etanol.

Desde a introdução da tecnologia flexfluel, mais de 30 milhões de veículos que podem rodar tanto com etanol quanto com gasolina foram vendidos no mercado brasileiro, e hoje eles compõem mais de 70% dos automóveis leves licenciados no País por ano. A expectativa é que o etanol esteja ainda mais presente no dia a dia dos consumidores com a implantação do RenovaBio, nova política para incentivar a produção de biocombustíveis e cumprir as metas de descarbonização do Acordo de Paris (conheça mais clicando aqui).

Flex cresce pelo planeta

No mundo, a opção flex também é cada vez mais procurada. Na França há uma corrida por kits de conversão do motor para que aceitem o etanol, e a previsão de aumento de consumo em um ano é de 25%. Com isso, espera-se que os consumidores economizem uma média de 500 euros (cerca de R$ 2 mil reais em março/2018) por ano, segundo a agência Reuters.

A Suécia é outro grande mercado na Europa. Já nas Américas, além do Brasil, os motores flex estão presentes nos Estados Unidos, principalmente na região Centro-Oeste do país, como opção no mercado desde os anos 1990, e média nacional de mistura de etanol à gasolina é de 10%.

Últimas notícias

14/11/2019
Como o açúcar chegou ao Brasil
O açúcar nasceu na Ásia no século 5, atravessou continentes, já foi artigo de luxo na Europa e chegou ao Brasil no século 16, onde,... ver mais
15/10/2019
Etanol: consumo aquecido e produção recorde
A demanda por etanol hidratado segue aquecida neste Ano Safra 2019/2020, que teve início em abril, motivada pelo preço do combustível, que está mais atrativo... ver mais
27/09/2019
Mais qualidade de vida com o uso do etanol
Em 19 de setembro, o Brasil comemorou 40 anos da assinatura do Protocolo entre o Governo Federal e a Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos... ver mais
04/09/2019
Energia de valor: vida longa ao etanol!
“Hoje, o etanol tem seu valor reconhecido e deve permanecer em nossa matriz energética por um bom tempo, já que é uma energia absolutamente limpa... ver mais
19/08/2019
O caminho do açúcar: o produto chega ao cliente
Encerramos a série de três reportagens sobre a trajetória do açúcar falando um pouco mais sobre o cliente? Após criteriosos processos de produção e logística,... ver mais
05/08/2019
O caminho do açúcar: logística conecta o campo ao mundo
Na segunda reportagem da série especial sobre o caminho que o açúcar percorre desde que deixa o campo até ganhar o mundo, abordaremos a comercialização... ver mais
24/07/2019
Do campo ao consumidor: o caminho do nosso açúcar
O caminho percorrido pelo mais doce dos insumos, desde o canavial até o cliente, é mais complexo do que parece. É por isso que vamos... ver mais
27/06/2019
RenovaBio: menos poluentes, mais investimentos para o setor agrícola
Aumento de demanda por biocombustíveis deve aumentar produtividade agrícola e atrair mais investimentos para setor de etanol ver mais